fbpx

A CHEP, em parceria com a BXB Digital, desenvolveu soluções digitais, baseadas em IoT, para aumentar a eficiência operacional das cadeias de abastecimento dos clientes. A CHEP equipou um conjunto de paletes e contentores com dispositivos de rastreamento no Sul da Europa, tendo como objetivo o aumento o melhor acompanhamento das plataformas, bem como dos produtos transportados.

Cerca de onze retalhistas e distribuidores em Portugal, Espanha, França e Itália, participaram na fase de testes deste projeto, nomeadamente na deteção de ineficiências e pontos de perda de ativos ao longo das cadeias de abastecimento. Em breve a Grécia irá juntar-se a este grupo de países.

Track trace CHEP

Jürgen Dietz, Director Logístico na cadeia de supermercados DIA, afirma que “graças a esta nova solução de rastreamento da CHEP, aumentámos o controlo sobre os nossos ativos e tivemos enormes ganhos ao nível da segurança nos vários fluxos”.

Os dispositivos permitem o acesso a informações como a localização e a condição das paletes e contentores à medida que se movem pela cadeia de abastecimento. Os clientes podem ter ainda acesso a outros dados como por exemplo as condições de temperatura e de qualidade do produto.

Alex Tello, responsável pela gestão de paletes do grupo logístico Carreras, reforça que “este projeto de colaboração dá-nos uma visibilidade end-to-end dos nossos fluxos de distribuição, o que nos permite realizar ações que visam melhorar o controlo e a gestão das nossas paletes".

Marco Moritsch, vice-presidente sénior da CHEP para o Sul da Europa, explica que “combinar as paletes físicas com as soluções digitais possibilita a confirmação sobre a localização exata de uma plataforma ou de um produto e fornece informações valiosas para prevenir de forma proativa perdas, danos e possíveis custos inerentes.”

Os dispositivos incorporados nas paletes e contentores da CHEP são certificados de acordo com os requisitos CE / EC (avaliados para cumprir os padrões de segurança europeus e outros regulamentos aplicáveis).

Os dados recolhidos por esses dispositivos podem ser usados ​​pela CHEP para fornecer suporte ao cliente, rastrear remessas de paletes e contentores e para obter informações estatísticas agregadas sobre a cadeia de abastecimento.

A CHEP facilita a movimentação de mercadorias e criou um negócio de logística sustentável através do "pooling" dos seus equipamentos, um modelo de partilha e reutilização. A CHEP opera essencialmente nos sectores de bens de consumo rápido (por exemplo: mercearias e produtos de saúde e higiene pessoal, produtos frescos, bebidas), retalhistas e sectores de manufatura em geral.